3. Obter o tipo de tráfego direccionado ao seu produto. Se a pessoa que visita o seu site não tem interesse nenhum no que está a oferecer, irão fechar a página, seguir em frente e nunca mais voltar. Escreva artigos específicos sobre os seus produtos e publique-os em sites próprios para tal. Desta forma, sabe que as pessoas que vêem as suas publicações são pessoas interessadas no que escreveu.
Umas das coisas que aprendi com esse cara, é a lucratividade que esse tipo de trabalho pode e vai te proporcionar. Ou seja, você não vai precisar gastar tempo e nem dinheiro montando uma área de membros para seus alunos (esse trabalho é do produtor), não vai precisar se preocupar com a logística de entrega de mercadorias (no caso de produtos físicos)  e o melhor, você pode ganhar até 99% de comissão sobre o valor do produto.
Concentre-se em pontos importantes de como o seu produto pode tornar a vida e as coisas mais fáceis e mais agradáveis. Incluir títulos atraentes no assunto do e-mail. Tanto quanto possível, evite usar a palavra "livre" porque ainda existem os filtros e as lixeiras que filtram certo tipo de conteúdo para o lixo mesmo antes de que qualquer um consiga lê-los primeiro. Convença aqueles que se inscreveram para os seu relatórios grátis que irá faltar alguma coisa grande, se não disporem dos seus produtos e serviços.
As redes de contactos profissionais, cujo exemplo mais famoso costumava ser LinkedIn e Plaxo, são uma das várias redes sociais, como o Archifamous, MySpace e o Facebook. As redes sociais de lazer foram os primeiros a aparecer e uma vez que o seu poder de comunicação foi clara, a comunicação empresarial não demorou muito a tentar tirar vantagem deste potencial e as redes de contactos profissionais nasceram. Estas redes de contactos profissionais trabalham num link baseado num convite, interligando todos os contactos profissionais numa única conta. Desta forma, poderá surgir um variado número de negócios, que não foram visíveis no mundo off-line, através do contacto profissional retirado dessa única conta (pode ser um cliente, fornecedor, distribuidor, etc.).

Para se iniciar no marketing de afiliados, você deverá, antes de tudo, compreender como funciona cada uma das formas de partilha de receitas e decidir qual aquela que será à escolha mais lucrativa para o seu negócio. Por exemplo: se você tiver um site/blog que gera milhões de pageviews mensalmente, as campanhas por CPM são, claramente, uma oportunidade muito boa. No entanto, se você trabalha em nichos de mercado que gera, pouco tráfego, os programas por CPA são a melhor opção. Logicamente, cada caso é um caso, e você precisa estudar muito bem os seus projetos antes de decidir promover um determinado produto ou empresa.
Seguramente una vez que tengas establecido la temática de tu blog y tu nicho del mercado, o tu audiencia, comenzarás a recibir invitaciones para unirte a diferentes redes de afiliación para tu público. Mientras tanto, te comparto una herramienta muy práctica Afiliado.com que te permite encontrar diferentes opciones según la temática de tu blog, por ejemplo: afiliados para viajes, música, deportes, cupones, etc.
"Hi Jim, to say I'm impressed with your team would be an understatement. Being a serial entrepreneur for over 4 decades has brought me into contact with many companies and individuals that promise much but fail to deliver. In my relationship with everyone on your team. I've found a company of individuals that generate action and deliver results. Matter-of-fact my relationship with you guys has even changed my attitude a bit, I find myself walking in the office in the morning chanting 'I'm feeling lucky...'" Amanda W.
The new digital era has enabled brands to selectively target their customers that may potentially be interested in their brand or based on previous browsing interests. Businesses can now use social media to select the age range, location, gender and interests of whom they would like their targeted post to be seen by. Furthermore, based on a customer's recent search history they can be ‘followed’ on the internet so they see advertisements from similar brands, products and services,[38] This allows businesses to target the specific customers that they know and feel will most benefit from their product or service, something that had limited capabilities up until the digital era.
Existem vários tipos de blogs: pessoais, jornalismo, corporativo, tecnológico, educativo, etc. Os blogs corporativos são os mais relevantes para as empresas, são criados com o apoio das empresas, para as auxiliar a atingir os seus objectivos e permitem reforçar a imagem de marca, posicionamento, comunicação interna e externa. Um exemplo de sucesso é o Blog da Barbie (bonecas) onde o fabricante coloca os valores que pretende transmitir na “boca” das próprias bonecas, conseguindo desta forma alcançar mais eficazmente o seu segmento alvo.

O modelo de comissão por mil impressões foi amplamente difundido quando a internet chegou ao público em geral. Nesse modelo de comissão, o afiliado recebia um valor fixo a cada mil impressões de um banner publicitário, independentemente de o usuário clicar no banner ou não. Logicamente, na década de 80 e 90, o número de cliques em banners publicitários era altíssimo, com taxas de cliques a chegar a 96%, o que invariavelmente fazia com que a maioria dos usuários clicasse nos anúncios.


While the obvious purpose of internet marketing is to sell goods, services or advertising over the internet, it's not the only purpose a business using internet marketing may have; a company may be marketing online to communicate a message about itself (building its brand) or to conduct research. Online marketing can be a very effective way to identify a target market or discover a marketing segment's wants and needs. (Learn more about conducting market research).

Os e-auctions, normalmente, são leilões directos, em que alguém oferece produtos ou serviços a utilizadores que licitam de forma ascendente (versão inglesa) ou descendente (versão alemã). No entanto os leilões que mais interessam para as empresas, não são os directos, são os leilões invertidos. Num “reverse e-auction” leilão invertido as empresas adquirem produtos ou serviços num concurso público fechado (quantidade e especificações) em que teoricamente vence a melhor oferta, não apenas no preço mas também com as melhores condições comerciais (nem sempre a oferta de preço mais baixo ganha os contratos). Um exemplo de sucesso da utilização de e-auctions é o da British Airways, que em 2005 poupou 300 milhões de libras pela utilização de e-auctions, no entanto, a vantagem de usar os e-auction não reside apenas nos custos, pois, também permite determinar a estrutura de preços da concorrência, através da análise das suas licitações.
É comum a grande maioria dos afiliados profissionais ficar presa a estratégias que funcionam. Quando se encontra uma estratégia que dá resultado, a tendência é usar somente essa estratégia até à exaustão. No entanto, tenha em consideração que existem diferentes formas de promover programas de afiliados, sendo altamente recomendável você diversificar suas fontes de tráfego e, principalmente, a forma como você promove programas de afiliados.
internet marketing, anderson ferro, marketing na internet, i marketing, e marketing, imarjeting, emarketing, ciração de sites, criar sites, criação web, webmarketing, marketing web, blog anderson ferro, blog de internet marketing, blog sobre ganhar dinheiro, telefonia voip, plataforma voip, revenda voip, operadora voip, serviços voip, billing voip, tarifador voip, sistemas voip, painel voip para revenda, painel voip,
Segunda geração da Web onde o conceito é a Web como plataforma, para uma comunidade e serviços na internet, com realce na colaboração e na partilha de informação. Há mais de 10 anos quando surgiu o e-marketing, os sites eram um género de cartão de visita sofisticado, que algumas empresas “mais na moda”, utilizavam para se apresentar a potenciais clientes na internet. A tecnologia tem permitido a evolução deste conceito até converter os sites iniciais em verdadeiras ferramentas de e-branding: a venda pela internet não é obrigatória; ou até mesmo aconselhável em certas ocasiões, algumas vezes a verdadeira chave para o sucesso é ser capaz de induzir o visitante a comprar através de um diferente canal. Para ajudar a atingir esse objectivo, nada melhor do que, permitir aos utilizadores que conheçam o negócio através de sites interactivos e social media que lhes possibilitem ter um papel activo no desenvolvimento de conteúdos. Existem muitos exemplos, o melhor é olhar para os rankings dos melhores sites do ano por sector para perceber o que melhor se faz nesta área.
Um exemplo de sucesso é o Facebook que conquistou rapidamente o público e em pouco tempo ultrapassou os concorrentes. A chave foi a simplicidade, a rapidez de execução e a liberdade que o usuário tem ao manusear as suas funções. O uso da rede fez tanto sucesso, que as empresas passaram a investir na criação de um ambiente de comunicação com o cliente, permitindo que criassem uma página de negócios, as fan pages.
O marketing de afiliados não é algo novo. Há centenas de anos que pessoas trabalham em modelos de comissão semelhantes, e os chamados comissionistas existem há centenas de anos. Um bom exemplo desse tipo de trabalho seriam os corretores imobiliários. Eles divulgam imóveis dentro e fora da internet, recebendo uma comissão sobre a venda daquele imóvel.
×